quarta-feira, março 10

Academy Awards

   Na noite de domingo para segunda, assim como qualquer cinéfilo, estive atenta às premiações do Oscar pela TNT. O programa é interessante porque te mantém atualizado a respeito das melhores produções de cinema, pois cada categoria prestigia um trabalho diferente, em cima de que, com certeza, houve muito entusiasmo e dedicação para que o resultado fosse o melhor possível. O atração me provocou o desejo em assistir a muitos filmes e curta-metragens sobre os quais ainda não tinha conhecimento e creio que essa é uma vontade que nasce em qualquer pessoa que assista ao programa e que, além disso, ame cinema.
   A maior surpresa da noite fez referência ao prêmio mais esperado, o de melhor filme. Neste ano, dez filmes concorreram nessa categoria, cada um com suas especificações, que abordavam a temas bastante diferenciados. O vencedor foi Guerra ao Terror ( The Hurt Locker ) e houve, desde então, muitas críticas ao ganhador da premiação. Guerra ao Terror foi um filme que concorreu em muitas categorias com Avatar, filme recordista de bilheteria - talvez de toda história do cinema- , que foi produzido por James Cameron, também diretor de Titanic, o qual teve a mesma repercussão na década de 90.
  Como a maior parte das pessoas, eu também não havia assistido ao filme e tive essa iniciativa no dia de ontem. O filme tem efeitos admiráveis nos momentos em que há explosões de bombas ou mesmo quando atenta a uma imagem específica em meio à guerra, sua abordagem é interessante por dar atenção a aspectos referentes à vida dos habitantes do Iraque enquanto o país está em meio à batalha. No mais, ao meu ver, assemelha-se aos filmes do mesmo tema que nós já conhecemos.
   Entre os filmes indicados, há um pelo qual me apaixonei, Preciosa. O filme exibe a história de uma menina que foi excluída da sociedade por ser negra, obesa e por não ter um convívio sadio com as pessoas, o que foi provocado pela situação que vivia em casa. Preciosa era abusada sexualmente pelo pai e violentada física e verbalmente pela mãe. O filme demonstra de que forma esta menina consegue, em meio à adolescência, obter esperança e força para fugir desse meio e obter uma nova perspectiva de vida. É um filme de abordagem forte e que emociona a todos.
 Abaixo, confira o trailer:



   Mo'nique, que representou a mãe de Preciosa, foi a ganhadora do prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante. No momento em que recebeu o troféu, Mo'nique mencionou que seu maior prazer em participar desta produção foi o fato de fazer parte de um roteiro que não visou à atenção da Indústria Cultural, mas sim em realizar algo capaz de produzir reflexão a respeito do preconceito e dos problemas existentes no núcleo de muitas famílias e essa foi sua maior alegria em receber o prêmio e saber que, de alguma maneira, ela interferiu para que este filme repercutisse com sucesso.

11 comentários:

Andreia Ferruginni disse...

muito bom seu blog!!não li tudo mas prometo que vou ler tudinho...beijão

BLOGUEIRO EXECUTIVO disse...

Simplesmente o trailler de preciosa foi o tchan da matéria em voga!

Aqui você encontra ... disse...

Preciosa é incrível ! Eu adorei ^^

*May Lopes disse...

Também assistí pela TNT!
kkkkkkkkkk
Amei as indicaões!

http://maylopez.blogspot.com/

Sentado no Gramado disse...

Oi Laura! Obrigada pela visita! O seu blog também está lindissimo! Nossa rádio não deve sair, o máximo que pode acontecer é o player não começar automático, mas sair do ar ela não sai!

Além dos ouvintes que temos, nós mesmas adoramos a rádio granola! hahaha
beijões! estou te seguindo :)

Vie disse...

assisti pela globo, mas quase desliguei a tv com os comentarios ridiculos do jose wilker.
avatar ou preciosa tinham que ter ganhado melhor filme ! e harry potter melhor fotografia. E adorei a mo'nique ganhar de melhor coadjuvante, realmente, foi otima !
sandrinha arrasou mais uma vez :)

visite meu blog

www.naminhabolsatem.blogspot.com

Anderson Massolino disse...

rsrsrsr,o que disseram acima sobre o josé wilker foi ótima!!hehehee

bom,eu to meio por fora,pois não assisti nenhum desses filmes,mas lendo neste blog a historia do filme Preciosa,o filme deve emocionar mesmo,só que nos estados unidos esse tipo de historia é tão corriqueira que lá de repente não emocionou tanto que nem aqui,não que o Brasil não tenha esses tipo de preconceito...

ps:não sei se é só eu que acho,essa estatueta do oscar tão feinha,hehehehe
mas com certeza é um orgulho pra quem conquista.

um abração a todos

Fê Miranda disse...

Gostei, você escreve muito bem.
Parabéns!
Bem bonito seu blog!
Visita o meu tbm http://afeiraelivre.blogspot.com/

Andrei Vinicius Morais disse...

AHHHHHHHHHHH eu assisti tbm pela TNT mesmo com os comentários do Rubens Edwald Filho (Sim! Eu não gosto dele kasopkasopk). Achei esse Oscar o PIOR de todos, simplesmente não consegui sentir a magia do cinema, estava muito fraco (ano passado foi muito melhor. Achei muito legal algumas partes como por exemplo em que o Tarantino sobe ao palco com o Almodóvar pra entrega do prêmio de melhor filme estrangeiro *-*.
Achei meio indigno a Meryl ter perdido, mas não falo muito pq não vi o trabalho da Sandra Bullock (será que eles não assistiram Julie e Julia?) aksopaksop

AMEI seu blog, falei demais e sou ridículo por isso HAHAHAH
Beijos e seguindo o blog delícia :D

Vinícius Paulo disse...

É, Laura. Infelizmento no Brasil, como disse, corrupção virou hobby. Lamentável. Mas o blog ainda é um projeto, acho que está bacana. Quero colocar meus pensamentos e tal. Politica, religião, amor, tudo junto neste caldeirão de pensamentos.

Estou te seguindo!

Henry Barros disse...

obrigado por gostar do meu blog =]
adorei o seu tambem
lhe linkei e estou seguindo =]

Postar um comentário

Bem-vindos!

Minha foto
Um conjunto de antíteses e uma mente apaixonada, que pulsam juntos em forma de sonhos. Graduanda em Psicologia e ex-estudante de Jornalismo na UFRGS.

Eles aprovam: