domingo, setembro 12

Fazer bem desde o princípio.


   Três de outubro de 2010, data marcada. Será o dia em que precisaremos estar com boa memória para lembrarmos dos números de todos os candidatos em que votaremos, se isso não der certo, apelaremos para a famosa "colinha", mas estaremos lá. 
   Para alguns, dia de eleição já se tornou lugar-comum, só é exercido para se cumprir o que está em lei, não há entusiasmo por fazer a diferença. Para alguns? Bom, digamos que, na verdade, esses "alguns" se chamam "muitos". E os jovens, eles já fazem parte desses "muitos",inciando sua participação eleitoral sem o mínimo interesse e esperança em gerar resultado ou eles têm buscado respostas diferentes para essa desilusão? 
   Meu intuito aqui é que reflitamos um pouco. É curioso o modo como agimos ao ouvir a palavra "política". Em qualquer ambiente, o simples fato de tocarmos no assunto já muda a expressão de quem está ao redor, é uma expressão fechada e resultante da realidade de nossa nação, pois a falta de prática de promessas, a corrupção, a desigualdade social e outros inúmeros itens nos deixam desiludidos quanto à possibilidade de mudança.
   Não estamos fora de nosso direito ao agir com tanta incredulidade, mas devemos nos dar por conta de que, se permanecermos conformados, a realidade será a mesma nos próximos anos, nas próximas décadas.
   Mesmo que tenhamos motivos de reclamação, muito já foi adquirido. Em um país onde o voto era censitário, onde mulheres não participavam das escolhas, onde o voto cabresto eram comum, já é um grande feito a conquista do voto universal e aberto, falta agora sabermos dar valor àquilo por que as gerações passadas batalharam.
   O jovem é sempre visto como motivo de esperança, são aqueles em que os mais velhos de apóiam, é deles que são esperados os resultados, a coragem, o entusiasmo, a garra. Essa geração é que deve fazer o diferencial e lutar pelo progresso de seus pais, é necessário que o jovem se envolva, que não se contamine com toda a angústia que as gerações antigas possuem, é necessário que eles façam valer a pena.

   Nesta última sexta-feira ( 10 de agosto), estive presente em um debate político com os candidatos ao governo do Estado do Rio Grande do Sul. O Evento foi organizado pela Kzuka e ocorreu na PUCRS, local onde vários jovens se reuniram para ouvir as propostas dos candidatos e, então, obter um voto mais consciente. Tal evento foi exemplo de que há quem se interesse pelo resultado do dia três de outubro. Havia figuras juvenis já conhecidas naquele meio, jovens que, em suas escolas e universidades, têm motivo seus colegas, buscando envolvê-los nas eleições, procurando fazer deles outros que lutem por propostas viáveis para o benefício da sociedade. Naquele local, havia uma juventude desgostosa da realidade, mas que não se conformava com ela e tomava uma atitude para que, mesmo que aos poucos, a maquete política de nosso país venha a ser avaliada de uma forma mais positiva.
   Na ocasião, eu e um colega do curso de Jornalismo aproveitamos a oportunidade para entrevistar alguns dos candidatos ao governo do RS e saber melhor sobre as ideias que haviam sugerido durante o debate, confiram a seguir:


    Esta foi a participação de Jônatha Bittencourt do blog Modus Operandi, que entra hoje como um dos parceiros deste blog. Se preferir obter maiores informações sobre o debate aqui citado, em Modus Operandi você pode conferir uma postagem exclusiva.
   Será a primeira vez em que participarei da eleição e tenho procurado fazer minhas escolhas de maneira consciente, estando a par das propostas dos candidatos, lendo notícias e assistindo ao horário eleitoral quando possível. Tenho plena consciência de que não é fácil nos identificarmos com alguém que seja capaz de gerar as mudanças que desejamos e que é bastante superficial a forma como a política é divulgada em nosso país. Porém, mesmo dentro deste sistema, procuro tomar as atitudes que me são possíveis, acreditando que a partir desta tentativa vamos forjando um alicerce para que, a cada oportunidade de ação, alcancemos o que temos por objetivo. Espero que tanto os jovens que iniciam agora sua participação, assim como aqueles que já estão há bastante tempo nesta jornada, possam fazer de seu voto o resultado de pesquisa, uma pesquisa que preze pela continuação da evolução política deste Brasil, que tanto anseia por progresso.

Uma Boa Eleição a todos.

9 comentários:

pizza disse...

Opa... gostei bastante do seu blog e do modus...

Dá uma passada no meu tbm? www.cocogelado.com.br

Fabio Ramos disse...

Muito importante o que vc está colocando aqui, Laura. A conscientização de nossa importância e das lutas que foram travadas durante a história para nossa independência política são pontos que não podemos nos esquecer nunca!
Ganhou mais um fã, estudante da mesma área: jornalismo.
Bjs.

http://comunicationislife.blogspot.com/

Gabi puppe disse...

retribuindo a visita. :D
Parabéns pelo blog, fico tão contente em ver jovens como você preocupados em alertar a nossa juventude dos perigos de um voto mal feito. (estou preste a postar sobre isso também. ) E acho importante que nos envolvamos nestes assuntos problemáticos que circundam o nosso país.

Enfim, espero que o nosso esforço em alertar seja recompensado. Que os jovens e adultos escolham com lucidez os representantes do povo brasileiro.

Parabéns pelo blog.

(droga, ás vezes sou prolixa rsrss)

Luciano Viegas disse...

Não é porque estou incrédulo com a política que sou conformado com ela. Discordo de tudo. hauahu

Anderson Massolino disse...

Bem,dia 3 estarei lá nessa "democracia"onde todos são obrigados a votar.
estarei nos bastidores tbm como 1º mesario.
mas o voto ele é importante,mesmo com toda a ladroagem e a desconfiança nos politicos,não votem branco e nem nulo,escolha alguem,nem que seja pra xingar depois.
grande abraço

Anderson Massolino disse...

GALERA ATENÇÂO!!

No dia da Votação levem o titulo de eleitor e um documento oficial com foto (não vale passaporte).

Escolham 2 Senadores,um diferente do outro,caso votem 2 vezes no mesmo,um será anulado.

Dia 23-09 é o ultimo dia para providenciarem a 2º via,no TRE,na Av.Padre Cacique,levem apenas um documento de identidade ou a certidão de Nascimento.

grande abraço e um bom voto!!

Letícia Rocha disse...

Parabéns, Laura! Gostei muito do que vc escreveu e do teu blog. Eu tava aqui pensando " Se a Laura escolhesse odonto seria uma grande dentista, mas estariamos perdendo uma grande jornalista!".
Bj!

Patrick Monteiro disse...

Isso ae \o/
Boas Eleições pra Todos e Laura para Jornalista !

Otimo blog parabens !

Me visita tb? http://blocuzinhoo.blogspot.com/

André disse...

Importante demais q postou a sua concientização parabéns

Postar um comentário

Bem-vindos!

Minha foto
Um conjunto de antíteses e uma mente apaixonada, que pulsam juntos em forma de sonhos. Graduanda em Psicologia e ex-estudante de Jornalismo na UFRGS.

Eles aprovam: